Cirurgia do Ombro por Artroscopia

Publicado em: 28 de abril de 2020 por Dr. José Carlos Garcia Jr.
Categorias: Lesões Ombro

É uma das formas menos invasivas de abordar essa articulação causando menor dano muscular por manter íntegro o músculo deltóide, menor dor, menos cicatrizes e reabilitação precoce.

Atualmente a cirurgia artroscópica do ombro tem sido preferida em relação à cirurgia aberta, a não ser pela impossibilidade do manejo ou introdução dos materiais usados na cirurgia, como ocorre nas próteses, fraturas e algumas transferências musculares. A cirurgia artroscópica consegue ainda atingir várias regiões do ombro e lesões concomitantemente, coisa que não seria impossível na cirurgia aberta pelo mesmo corte. Por essa razão também é uma cirurgia mais completa e que tem potencial de tratar mais lesões ao mesmo tempo.

Devido à magnificação da óptica pequenas lesões podem tornar-se mais visíveis. O único entrave a artroscopia seria o treinamento do cirurgião ou a habilidade do manejo artroscópico. Caso o cirurgião ainda não esteja familiarizado com essa técnica o melhor é o método em que o cirurgião está treinado: “O melhor caminho em cirurgia é o caminho que você conhece”.

Com os atuais avanços já é possível realizar quase todos os procedimentos conhecidos, que contam mais de 20 em cirurgia do ombro. Procedimentos complexos como a descompressão do nervo supraescapular e até mesmo a cirurgia de Bristow e Latarjet hoje são factíveis por artroscopia. Mesmo reintervenções podem ser feitas por artroscopia, esse é apenas um método cirúrgico que pode ser usado em quase todas as circunstâncias.

Por essa razão essa tem sido minha primeira opção na maioria dos casos.
Para detalhes de tipos específicos de artroscopia do ombro, consulte nesse site as partes de lesões ortopédicas e trabalhos.
Na parte de vídeos do site há várias amostras de artroscopia do ombro.