Lesão do Nervo Acessório Espinhal

Publicado em: 24 de junho de 2020 por Dr. José Carlos Garcia Jr.
Categorias: Lesões Nervos, Lesões Ombro

O Nervo Acessóro espinhal é responsável pela inervação do músculo Trapézio. Sua origem na evolução remonta os músculos branquiais dos peixes. É inervado pelo XI par craniano, por isso mesmo tetraplégicos podem mover o ombro.

Divide-se em três porções porções superior, média e inferior.

o Trapézio Superior origina na região occipital e em vértebras cervicais altas. Sua inserção é na borda clavicular posterior, funcionando como elevador da cintura escapular.

O Trapézio Médio origina-se nas apófises espinhosas da 7ª vértebra cervical e das primeiras vértebras torácicas., insere-se na borda interna do acrômio e na borda posterior da espinha da escápula. É responsável pela retração da escápula.

Trapézio baixo tem origem nas apófises espinhosas das últimas vértebras torácicas, sua inserção fica na porção média da espinha da escápula. Sua função é a retração e depressão da escápula.

A hipotrofia do músculo trapézio pode causar grave dificuldade para elevar o membro superior além de 90° e dor. A escápula alada geralmente é observada na abdução, podendo estar menos evidente na elevação.

Entretanto, deve-se ter cuidado pois outras lesões neurológicas ou desbalanços podem causar discinesias e escápula alada. O músculo peitoral menor, trapézio, elevador da escápula, romboide menor e maior.

Seu tratamento depende da gravidade do acometimento indo desde o clínico até o cirúrgico.

A cirurga de tripla transferência muscular. pode usar Rombóide Menor, Elevador da Escápula e Grande Dorsal. Outras transferências do Rombóide Menor, Rombóide Maior e Elevador da Escápula podem também ser feitas.

Atualmente esse procedimento pela via robótica.