Lesão do Nervo Torácico Longo

Publicado em: 24 de junho de 2020 por Dr. José Carlos Garcia Jr.
Categorias: Lesões Nervos, Lesões Ombro

O Nervo Torácico longo é responsável pela inervação do músculo serrátil anterior tem sua origem nas laterais das costelas superiores e sua inserção por toda a borda medial da escápula. Sua função é a protração e rotação lateral ou externa da escápula, além de sua estabilização. O desbalanço mecânico causado pela insuficiência do músculo serrátil anterior pode levar a uma escápula alada com insuficiência mecânica da cintura escapular. Muitas vezes pode haver perda da estabildade dos movimentos do ombro secundária à lesão do nervo torácico longo causando grave discinesia escapular e restrição dos movimentos associada a dor.

Entretanto, deve-se ter cuidado pois outras lesões neurológicas ou desbalanços podem causar discinesias e escápula alada. O músculo peitoral menor, trapézio, elevador da escápula, romboide menor e maior.

A lesão ou insuficiência deste nervo pode necessitar desde tratamento clínico até o cirúrgico.

No tratamento cirúrgico, a transferência do tendão do músculo peitoral maior para a borda ânteroinferior da escápula é a melhor opção.